Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O Natal nas Famílias com Pais separados/divorciados

por Peças de Família, em 20.12.16

IMAGEM NATAL (3).png

 

 

 

Esta é uma época marcada pelo espírito e união familiar, pela partilha e comunhão. Faz parte da tradição da quadra natalícia que Pais, Filhos, Avós, Netos, etc. se reúnam à volta da mesa, farta das iguarias típicas da época, e que, todos juntos, abram os seus presentes numa alegre descoberta.

 

Mas, nem em todas as famílias o Natal é vivido assim…

 

Famílias com o Pai e Mãe separados/divorciados, experienciam esta quadra festiva de outra forma, não sendo, necessariamente, menos feliz ou completa, mas apenas diferente. Com generosidade, bom senso, decisões conscientes e, principalmente, colocando o bem estar das crianças e jovens acima dos problemas e conflitos dos adultos, é possível viver as festividades Natalícias, nesta forma de família, com a mesma Magia, Alegria e Harmonia.

 

Então como (sobre)viver ao Natal numa família com dois lares?

 

Seguem-se algumas dicas:

 

- Planear e negociar cuidadosamente com o outro progenitor os dias e horários que as crianças passam com cada um dos Pais com algum tempo de antecedência, para não se deixarem inundar pelas emoções, sendo assim o mais objectivos possível;

 

- Optar pela alternância. Se no ano passado a véspera foi passada com o Pai, este ano optar que seja passada com a Mãe, conferindo um sentimento de justiça, não só aos progenitores, como às crianças;

 

- Permitir e facilitar a comunicação dos seus filhos com o outro progenitor, quando estes estão consigo;

 

- Não esquecer da importância da família alargada (avós, tios, primos, etc.) na vivência desta época e contemplar, aquando da planificação dos convívios, tempo para ser passado com a família do lado materno e do lado paterno;

 

- Permitir que a criança ou jovem transporte, se assim o entender, os presentes de uma casa para a outra;

 

- Criar novas tradições e rituais, novos significados, que vão ao encontro da nova situação familiar, desistindo de tentar reproduzir os Natais de antigamente, quando o Pai e a Mãe estavam juntos;

 

- Mas acima de tudo, viver esta época com muita Paz, Amor e Harmonia.

 

Um Feliz Natal para Todas as Famílias.

 

Manuela Silveira

Peças de Família

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)







Pesquisar

  Pesquisar no Blog